Porque eles ainda existem

Venho por este meio contar o acto de cavalheirismo que ontem aconteceu com a minha pessoa. Sim quando acreditamos que eles já não existem eis uma prova para não sermos parvas!

Vinha eu no Marquês a chover a "potes" sem guarda-chuva (clássico) e parada num sinal vermelho para peões. Eu já estava ali parada como se nada fosse mas encharcada até à roupa interior eis que quando dou por mim deixei de sentir a chuva. Quando olho para trás tenho um rapaz muito simpático (e giro) com um guarda-chuva que me diz "Estas sozinha podes apanhar boleia do meu chapéu?" 

Primeiro fiz-me desentendida a pensar que o rapaz vinha cheio de más intenções e ia-me pedir algo em troca, mas ele ali ficou à espera e eu passado um bocado já estava a agradecer-lhe o facto de ter sido muito simpático mas que já era a terceira molha do dia que não ia adiantar de nada.

Bem passado os 7000 sinais vermelhos e aquela conversa de conveniência chego à estação de metro e pergunto : "Então vai para que sentido?" ao que o rapaz me responde "Não vou de metro, eu tenho ali o carro estacionado vim mesmo só ajuda"

Escusado será dizer que me caiu tudo e fiquei mesmo de coração derretido com a acção do rapaz (giro)

Hoje não levo chapéu outra vez só para ver o que acontece... ;)


Roxy*

Comentários

  1. É mesmo verdade que as cenas de filme, são baseadas na vida real! :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário *